Como aquecedores afetam o ar que respiramos: chegada do inverno, poluentes, doenças e formas de combate

Durante o inverno, ambientes climatizados enfrentam desafios específicos relacionados à qualidade do ar interno. A manutenção constante da temperatura e umidade pode criar condições favoráveis para certos poluentes e problemas de saúde.

 

Principais poluentes em ambientes climatizados

  1. Partículas em suspensão: Ambientes climatizados podem acumular partículas finas, como poeira e ácaros, que são frequentemente recirculadas pelo sistema de climatização. Estas partículas podem irritar as vias respiratórias e agravar condições como asma e bronquite.
  2. Compostos Orgânicos Voláteis (COVs): Produtos de limpeza, móveis e acabamentos podem liberar COVs no ar. Em ambientes climatizados, a recirculação do ar pode aumentar a concentração desses compostos, potencialmente causando dores de cabeça, irritação ocular e problemas respiratórios.
  3. Dióxido de carbono (CO2): Em ambientes fechados e climatizados, o acúmulo de CO2 pode ser um problema se a ventilação não for adequada. Níveis elevados de CO2 podem causar fadiga, dificuldade de concentração e, em casos extremos, afetar a saúde cognitiva e física.
  4. Umidade excessiva: Sistemas de climatização mal mantidos podem levar ao crescimento de mofo e bolor, que prosperam em condições úmidas. A presença de mofo pode causar problemas respiratórios, alergias e exacerbar doenças respiratórias preexistentes.

 

Doenças associadas à qualidade do ar interno

A exposição contínua a poluentes em ambientes climatizados pode contribuir para uma série de problemas de saúde, incluindo:

  • Asma e bronquite: A presença de partículas em suspensão e COVs pode irritar as vias respiratórias e agravar condições respiratórias.
  • Síndrome do Edifício Doente (SBS): Caracterizada por sintomas como dores de cabeça, fadiga e irritação respiratória, SBS pode ser causada por ventilação inadequada e altos níveis de poluentes internos.
  • Alergias e sensibilidades: Mofo e ácaros em ambientes climatizados podem desencadear reações alérgicas e sensibilidades respiratórias.

 

Como combatê-los

  1. Manutenção regular dos sistemas de climatização: Limpeza e substituição periódica dos filtros são essenciais para reduzir a recirculação de partículas e COVs. Verifique também a umidade interna e mantenha-a entre 30% e 50%.
  2. Ventilação adequada: Mesmo em ambientes climatizados, é importante garantir uma ventilação adequada para a troca de ar e a redução de CO2 e outros poluentes.
  3. Análise do ar interno: Realizar análises regulares da qualidade do ar em ambientes climatizados pode identificar e quantificar poluentes presentes. A Laboprime oferece serviços especializados para monitorar a qualidade do ar em ambientes climatizados e fornecer recomendações para melhorar a saúde do ambiente.

Ambientes climatizados durante o inverno necessitam de cuidados específicos para manter a qualidade do ar e prevenir problemas de saúde. A análise regular do ar é fundamental para garantir um ambiente saudável e livre de poluentes. Entre em contato com a Laboprime para agendar sua análise e proteger a saúde do seu espaço climatizado.

Entre em contato conosco?

Post relacionados